Um e-commerce à prova de balas

Foto de um e-commerce aberto em uma tela de notebook.

A Black Friday 2018 terminou com vendas melhores que no ano passado. Essa informação vem da Ebit Nielsen que publicou alguns dados em relação à Black Friday brasileira deste ano. As vendas totais por e-commerce foram de R$ 2,6 bilhões neste ano, com um total de 23% de vendas a mais que no ano passado.

Importante também é a informação de que as vendas ficaram distribuídas igualmente durante o dia todo, chegando ao pico depois das 17h. Muitos consumidores fizeram compras online depois do expediente, o que gerou um aumento de 40% nas vendas, em comparação ao mesmo horário do ano passado.

A última informação pode ter dado dores de cabeça a alguns varejistas que sofreram com a indisponibilidade de seu e-commerce em horários de pique. Perder vendas pelo fato do e-commerce ter saído do ar não é legal. Mas não só a estabilidade do e-commerce, como também a segurança ou a experiência do usuário são pontos importantes aos quais você deve se atentar quando for desenvolver o seu e-commerce.

 

Entre em contato e venha desenvolver algo inteligente com a gente!

 

Abaixo juntamos três pontos importantíssimos aos quais deve se atentar na hora de desenvolver um e-commerce bom para a sua loja.

 

Segurança

Segurança sempre deve vir em primeiro lugar e no e-commerce não seria diferente. Principalmente num e-commerce precisamos de 100% de segurança, não permitindo o vazamento de dados dos clientes. Dados como nome e endereço, mas também os do cartão de crédito não podem, de forma alguma, vazar do sistema! Precisamos implementar todos os protocolos de segurança, usar criptografia na troca de informações e fazer vários testes para nos assegurar de que ninguém pode invadir o sistema. Por fim nosso site precisa mostrar aos clientes que é seguro e que as compras podem ser realizadas em segurança e com conforto. O cliente não precisa temer quando for realizar uma compra e tiver que inserir seus dados pessoais e bancários.

 

Estabilidade

Voltando ao início do nosso artigo, é importante que o site fique no ar 24 horas por dia. Mais importante ainda é que o site aguente horários de pico com muitos usuários como nos dias de Black Friday. Outra coisa são páginas de erro que não devem aparecer para o usuário. Devemos sempre testar novas funcionalidades do sistema para garantir que não irão ocorrer erros ou bugs que podem afastar os clientes da nossa loja.

 

Experiência do usuário

Por último, mais uma coisa importante é a experiência do usuário ao usar o seu site de e-commerce. Para isso é importante que desde o início o site seja muito bem arquitetado. É importante que a jornada de compras seja bem definida e que o site seja fácil de usar, agradável aos olhos e que não tenha bugs ou erros. Isso afasta os usuários de seu site. Todos os passos da compra têm que ser claros para os usuários, por isso é importante que tudo seja simples e intuitivo. São feitos alguns testes para garantir que todo o conteúdo do site esteja claro para o usuário. Uma coisa boa pra se ter em mente, quando for desenvolver a interface do seu e-commerce é pensar no seguinte: você não tem como explicar aos usuários porque determinados objetos (fotos, botões etc.) estão posicionados onde estão. Você também não poderá escrever longos textos para explicar ou dizer o que cada botão significa.

 

Mobile

Como ponto extra colocamos aqui o desenvolvimento de um site responsivo para que esse seja exibido em celulares, sem maiores problemas. Hoje em dia muitas compras são feitas utilizando dispositivos móveis e se você tiver um site responsivo, esse já irá se adaptar aos formatos de tela menores.

Futuramente poderá desenvolver um aplicativo que permite que você se relacione melhor com os seus clientes. Assim poderá oferecer alguns descontos especiais ou programas de fidelização. Venha conversar com a gente, vamos construir algo juntos! Entre em contato pelo e-mail contato@ringa.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *