Geração Z – a geração que vive do online e do agora

Ícones de jovens usando smartphones.

Geração Z ou como outros preferem dizer “os primeiros nativos digitais”. Todo mundo já ouviu falar dos Baby boomers, da Geração X ou Geração Y (também chamada de Millenials). Mas agora surgiu uma geração nova, a Geração Z que tem o mundo digital como sua casa.

Como o nome já diz, essa geração gosta e vive no meio digital. Se você ainda tem alguma dúvida de como se conectar com a Geração Z, se por meio de aplicativo ou página na internet, continue acompanhando esse post. Anotamos características e algumas estatísticas sobre essa geração que podem ser muito úteis para você.

Características

Nascidos de 1995 até 2010 a Geração Z não conheceu o mundo sem tecnologia. Para essa geração não existe mais diferença do mundo online e offline. As características mais importantes da Gen Z são:

  • Não diferenciam o mundo online do offline;
  • Querem tudo para agora;
  • São críticos e exigentes;
  • São dinâmicos e mudam de opinião toda hora;
  • São autodidatas. Aprendem, por exemplo, novos idiomas jogando videogame, ouvindo músicas ou assistindo filmes e seriados;
  • Comunicam por Memes, GIFs e emojis;
  • São multitarefas, pois estão conectados a diversos dispositivos ao mesmo tempo;
  • Têm uma compreensão tecnológica muito grande e estão sempre abertos a novas tecnologias;
  • São impacientes, por sempre estarem conectados a diversos dispositivos e por quererem tudo “aqui e agora”;
  • A ética e a responsabilidade social são super valorizados;
  • Quebram e são contra todos os tipos estereótipos, não ligando para definições de gênero, idade ou classe. Entendem as diferenças.


As características mais relevantes dessa geração já nos dão bons insights e permitem tirar algumas conclusões. Como essa geração muda de opinião toda hora e está conectada a diversos dispositivos simultaneamente pode ser um pouco mais difícil de ganhar sua atenção integral. O período de atenção dessa geração é de cerca de 8 segundos. Especialistas dizem que assim que algo tiver chamado sua atenção, e o período de 8 segundos tiver sido ultrapassado, a Geração Z pode se comprometer e focar 100% naquilo. Essa geração também é super aberta a novas tecnologias e novidades em geral, então se tiver alguma ideia que fuja do comum, tirea do papel!

Características resumidas da Geração Z.
As principais características da Geração Z resumidas em uma imagem.


Estatísticas

Apontadas as características mais importantes, vamos dar uma olhada em nove estatísticas que nos ajudam a entender quais dispositivos a Gen Z mais usa e como eles fazem uso do ambiente online:

1. Uma pesquisa do Google apontou que ter um celular é uma das coisas mais importantes na vida de jovens da Geração Z. Os três marcos mais importantes na vida de jovens da Gen Z são: graduar na escola, tirar a carteira de motorista e ter um smartphone.

2. A mesma pesquisa do Google apontou que os jovens estão recebendo seu primeiro smartphone já com 12 anos, ao invés de 16 ou 20 anos como nas gerações passadas.

3. A pesquisa do Google ainda revelou que os dispositivos favoritos dos jovens são smartphones (78%), seguidos de laptops (69%), TV (68%) e Playstations (62%).

Dispositivos mais usados pela Geração Z.
Dispositivos mais usados pela Geração Z segundo o Google.

4. Tudo bem que possuir um smartphone hoje em dia não é novidade, pois uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas do começo de 2018 apontou que o Brasil já tem mais smartphones ativos que pessoas. Mas o site Econsultancy apontou que 96% da Geração Z possui um smartphone e 63% possui um tablet.

5. 38% dos adolescentes brasileiros preferem acessar a internet de um dispositivo móvel, dando adeus a laptops, dado apontado pelo Mobile Marketing Association.

6. A Geração Z usa, em média, cinco telas ao mesmo tempo: um smartphone, TV, laptop, desktop e iPod/iPad. Essa informação vem do site IBT.

7. Aqui no Brasil 49% dos jovens da Geração Z acreditam que seu smartphone é seu melhor amigo. Isso foi revelado por uma pesquisa da Motorola com a Universidade de Harvard.

8. Segundo um relatório da App Annie, a Geração Z gasta 20% mais tempo e engaja 30% mais com seus apps mais usados, que as outras pessoas. O smartphone é usado para quase todos os aspectos da vida: comunicação, socialização, compras, serviços bancários etc.

9. O mesmo relatório da App Annie apontou que a Gen Z não interage tanto com jogos no smartphone. Pessoas com 25 anos ou mais gastam 75% mais tempo em jogos no celular. E acessam-nos 50% mais.



Se tivéssemos que dar só uma dica para quem quer criar algo para a Geração Z, seria: foque no mobile! Tanto faz se desenvolve um aplicativo ou faz com que um e-commerce ou uma página na internet sejam responsivos. O importante é focar no mobile, pois na Geração Z até rolam conversas pelo smartphone, de pessoas que estão fisicamente próximas.

Portanto, se tiver em mente desenvolver um aplicativo para essa nova geração, pense nas nossas dicas: desenvolva aplicativos que podem ser usados no mobile, mas não deixe de pensar na parte web, já que muitas pessoas ainda usam laptop. Outra coisa na qual pode focar é o desenvolvimento para Smart TVs, podendo esse ser o diferencial do seu produto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *